Game of Thrones S02E09 merece uma resenha

E três dias depois termino de assistir o episódio 9 da segunda temporada de Game of Thrones. Não fiz resenha dos outros episódios ou da série como um todo porque é fácil de encontrar gente bem mais competente que eu fazendo isto por aí, mas sobre esse episódio eu tinha que falar alguma coisa.

Adicionalmente vou falar sobre as diferenças da série com o livro (sem polêmica). Se você não viu esse episódio, saiba que vai ter spoiler, mas não vou deixar escapulir spoilers dos livros seguintes. :)

O nono episódio da temporada, chamado de “Blackwater”, era aguardado com ansiedade e de certa forma receio, porque trata-se de um evento-chave de A Song of Ice and Fire, e na minha opinião, o ponto alto de um livro meio parado. É uma batalha épica, um verdadeiro divisor de águas (trocadilho não-intencional) da história.

Estamos falando de um seriado de TV, que mesmo sendo da toda-poderosa HBO, ainda tem orçamento bem mais limitado que um Senhor dos Anéis da vida, então a chance de que a batalha simplesmente fosse omitida (segundo os criadores, a ideia inicial era centrar o episódio em Cersei e Sansa conversando e recebendo informações da batalha lá fora), como aconteceu na primeira temporada.

Mas David Benioff e D.B. Weiss fizeram das tripas coração para economizar durante a temporada – ou você pensa que os dragões e lobos mal apareceram de sacanagem? -, imploraram por mais milhõezinhos ao patrão e por fim conseguiram filmar esta que é, sem dúvida, uma batalha que eles seriam ostracizados se nos negassem.

Pois bem, o episódio ficou magistral, de tirar o fôlego! O episódio foi inteiramente centrado em King’s Landing, na emoção do terrível confronto, ao invés de dividir as atenções com Dany, Jon e Arya. Condensaram de forma competente vários capítulos com pontos de vista diferentes e salteados, e nos deram tudo que procurávamos. Acho que é a primeira vez que vejo as diferenças entre as mídias serem usadas de forma tão positiva.

Toda a preparação prévia foi recompensada com os badalos agourentos dos sinos da muralha: Tyrion e Varys preparando táticas, os soldados bebendo uma última noite, Cersei fazendo seus preparativos e Davos mandando tocar os tambores e também o terror no coração do povo. Bron e o Cão de Caça se estranham e vemos como eles são parecidos, embora com motivações diferentes, mas antes que vão às vias de fato, os navios de Stannis aparecem.

E aí já esperamos ver a carta na manga de Tyrion, que se revela em um navio solitário e embusteiro, desencadeando a explosão mais impressionante que já vi em um seriado/filme, um espetáculo de fogovivo verde, brilhante e malévolo voando para todos os lados.

Acho que vi a cena umas dez vezes, principalmente por ter imaginado toda a magnitude do fogovivo no livro. Com a fragata destruída, o último Baratheon desce ao escaler e dá início a uma empolgante batalha campal ao desembarcar nas margens e atacar as muralhas.

Enquanto o pau come solto lá fora, Cersei se tranca com as fidalgas no salão de Maegor, enche a cara e nos dá várias informações de cenário enquanto bate papo com Sansa. Vemos que ela tem uma ideia prática e meio conformada das injustiças da vida, e repassa todo esse amargor à pombinha Stark. E logo em seguida Shae é confrontada pela rainha, mas é salva pelo gongo antes de ter que inventar uma história sobre sua chegada ao castelo.

Shae, btw, finalmente está se comportando menos como biatch, e ficando mais a cara do livro. Outro #epicwin do episódio é Joffrey querendo parecer um rei resoluto e gostosão, levando os foras de sempre de Tyrion e agora até de Sansa, que deu-lhe um corte esperto ao invés de só ser humilhada (aliás, esse rapazinho está fazendo um grande trabalho, vilão bom é vilão odiado!), e no fim das contas correndo pra debaixo da saia da mãe como um molequinho mimado.

Ao contrário de Stannis, um rei de verdade, que vai lá e luta na vanguarda com seus homens. E enquanto isso, a refrega continua com muito sangue, tripas, homens queimando e gritos pra dar e vender.

Apesar de todos os atores estarem bem no episódio, o ponto alto se deu com Tyrion (pra variar…) e Sandor. O Cão de Caça, mesmo sendo um guerreiro fodão, morre de medo de fogo – afinal, seu irmão Gregor, a Montanha que Cavalga, enterrou sua cara num braseiro quando era criança -, e ao ver que o mundo todo estava consumido em fogo, mandou tudo pra merda e foi embora!

E, no auge da sua roedeira, ainda ofereceu a Sansa uma caroninha para o Norte. Prontamente recusada, claro: Sansa é uma Stark, portanto tem que ter a burrice Stark. Tyrion é um Mão bem competente e está preocupado com a cidade (logo depois da própria pele, claro). Além de ser um ótimo estrategista, consegue convencer a galera desmotivada a segui-lo quando Sandor se manda, mesmo com ninguém gostando dele, e no fim adquire o respeito de todos.

Mas as coisas acabam mal para ele, que acaba tomando uma espadada de Sir Mandon Moore e salvo por Podrick Payne, o escudeiro. Por fim, avista a salvação chegando, e Cersei está prestes a dar veneno para o filhotinho Tommen, quando vê que papai e os exércitos antigos de Renly apareceram e salvaram o dia!

Foi um episódio muito épico. Obviamente mesmo os duzentos milhões de orçamento não dariam para uma super batalha naval em meio a fogovivo, e entendo que seria um problema o Tyrion sem nariz durante todo o resto da série, mas mesmo assim vão deixar uma bela cicatriz. Mesmo tendo chiado bastante durante a temporada, compreendo a razão das mudanças, confio em um excelente season finale e aguardarei ansiosamente um maldito ano pela chegada da terceira temporada!

Um comentário em “Game of Thrones S02E09 merece uma resenha

  1. Eu também era/sou meio puto com as omissões da série em relação ao livro. Mas depois de ler esse ponto de vista, até que entendo o lado dos produtores/diretores. Seria impossível ser totalmente fiel aos livros e o trabalho realmente está sendo muito bem feito. Quem lê os livros tem, no minímo, a chance de tornar a leitura ainda mais gostosa com os elementos visuais oferecidos pela série.

    Curtir

Dê um pitaco, não custa nada

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s