Feriados thedosianos

Esse post rápido é meio que para complementar o último, uma tradução livre de um artigo que saiu hoje no blog da Bioware, com as festas principais de Thedas, o mundo de Dragon Age.
Na maior parte de Thedas, de Tevinter a Ferelden, são comemorados cinco feriados principais ao longo do ano, cada um ligado à transição de uma época ou, no caso do primeiro dia, o início de um novo ano.
Primeiro Dia: o início tradicional do ano, um feriado que envolve visitas a vizinhos e familiares (em áreas remotas, esta é também uma forma de verificar anualmente se todos estão vivos). bem como uma reunião citadina para comemorar o ano passado, acompanhado de bebidas e alegria.
Arauto do Frio: chamado outrora de “Urthalis” e dedicado a Urthemiel, Deus Antigo da Beleza, este feriado passou a ser uma celebração do Criador. Ele representa o fim do inverno em muitas terras e coincide com torneios e concursos nos Campos de Provas em Minrathous (N.T.: capital do Império Tevinter). Em terras do sul, este feriado tornou-se um dia de reunião para comércio, apresentações artísticas e, em algumas áreas, o arranjo de casamentos. É comemorado no início de Pluitanis/Guardião (N.T.: o segundo mês).

Dia do Verão: já chamado “Andoralis” e dedicado a Andoral, O Deus Antigo da Unidade, este feriado é universalmente celebrado como o início do verão, um momento de alegria e, comumente, casamentos. Meninos e meninas ready to come of age vestem túnicas e vestidos brancos. Eles então participam de uma grande procissão que atravessa a comunidade até o Coro loca, onde lhes são ensinadas as responsabilidades da vida adulta. O Dia do Verão é uma ocasião particularmente santa em Orlais. É comemorado no início de Moriolis/Desabroche (N.T.: o quinto mês).

Funalis: este feriado era dedicado ao Deus Antigo do Silêncio, Dumat. No entanto, desde a ascenção de Dumat durante o Primeiro Flagelo, os thedosianos fecharam os olhos a todos os antigos laços entre o dia e o dragão. O feriado é agora conhecido em toda Thedas como o Dia de Finados e passou a ser uma lembrança sombria dos mortos. Em algumas terras do norte, as pessoas se vestem como espíritos e caminham pelas ruas em desfiles após a meia noite. O Coro utiliza o feriado para lembrar a morte de Andraste, com fogos públicos que marcam sua imolação e peças teatrais que encenam a sua morte. É comemorado no início do Matrinalis/Agosto (N.T.: o oitavo mês).
Satinalia: outrora dedicado à Deusa Antiga da Liberdade, Zazikel – mas agora atribuído mais à segunda lua, Satina -, este feriado é acompanhado pela celebração selvagem, o uso de máscaras e a nomeação do bobo da cidade como governador por um dia. Em Antiva, a Satinalia dura por uma semana ou mais, seguida por uma semana de jejum. Em áreas mais pias, grandes festas e a distribuição de presentes marcam o feriado. A Satinalia é comemorada no início de Umbralis/Primeira Queda (N.T.: o décimo-primeiro mês). 
– Extraído de Dragon Age: The World of Thedas – Volume 1, previsto para 16 de abril de 2013 na Dark Horse.

Imagem: Kotaku
Anúncios

3 comentários em “Feriados thedosianos

Dê um pitaco, não custa nada

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s