Uma campanha com as aventuras prontas de Dragon Age RPG

E aí pessoal! Depois de meses (tempo tá em falta, como sempre), cá estou trazendo um post antigo que nunca terminava e ganhou novo fôlego quando um amigo perguntou sobre como usar as aventuras prontas de Dragon Age RPG, e eu resolvi usar minha experiência com módulos prontos (aqui é busy lazy bee style, meu … Continue lendo Uma campanha com as aventuras prontas de Dragon Age RPG

Anúncios

Multiclasse e outras regras da casa para Old Dragon

Faz tempo que quero atualizar direito o blog, e estava com o mesmo problema que meu sócio Fabiano Neme, olhando aqui e vendo o #DnDGateBR como primeiro artigo. Reportes geralmente são demorados de escrever (pra mim), então quando surgiu uma discussão no grupo do Old Dragon no Facebook, aproveitei que escrevi um textão por lá … Continue lendo Multiclasse e outras regras da casa para Old Dragon

Preparando aventuras rapidamente (ou Manual do Mestre Sem Tempo)

Há algum tempo sofro com a falta de tempo para preparar sessões de jogo, algo que também minou minha criatividade. Acaba que tenho usado muitas aventuras e ganchos prontos; embora sempre mude as coisas pra adequar ao que gosto, é mais fácil. E nunca fui um mestre da improvisação, ou seja, tenho que ter alguma … Continue lendo Preparando aventuras rapidamente (ou Manual do Mestre Sem Tempo)

Dano ou consequência

Em RPG, supõe-se que as regras servem à história, mas na maioria dos sistemas que conheço acontece o contrário. Para evitar que a mecânica atrapalhe a narração, a gente costuma quebrar as regras ou improvisar algo na hora. É o caso, por exemplo, dos hit points (ou similar). Conheço poucos sistemas diferentões que lidam de … Continue lendo Dano ou consequência

Um Halloween à brasileira

O Dia das Bruxas (ou Dia do Saci, aqui) surgiu entre os celtas, que associavam o início do ano e do inverno aos mortos. Eles acreditavam que durante a noite havia criaturas sobrenaturais à solta, e isto com o tempo virou uma festa de fantasias de monstros e mídias temáticas. Não sou muito ufanista, mas … Continue lendo Um Halloween à brasileira

O poder do ordinário

Vivemos na era da reviravolta. Praticamente toda história precisa ter plot twists fantásticos, de preferência com mortes de personagens importantes, traições estarrecedoras e verdades secretas que viram o mundo de ponta-cabeça. Saturamos tanto a reviravolta que hoje ela é lugar comum na narrativa. Ficou previsível. Nas histórias de George R.R. Martin já esperamos que personagens … Continue lendo O poder do ordinário