Kamikazes do RPG (ou a linha tênue que separa heroísmo de estupidez)

Já escrevi muito sobre o heroísmo e valentia nas aventuras de RPG, que sempre achei serem (muitas vezes) desculpa para o gamismo com personagens sem noção e suicidas, que estão aí pra se arriscar mesmo. Hoje sei que há diferentes propostas de jogos, por exemplo: ação desenfreada com super-heróis, onde os personagens estão sempre se … Continue lendo Kamikazes do RPG (ou a linha tênue que separa heroísmo de estupidez)